É impossível ser feliz sozinho

17 de abril de 2010

Sem mais, nem mas...

Depois de perdas consequtivas tive a sensação de que eu não sei vencer. Embaralhei todas peças do meu quebra-cabeça,as montei,encontrei a última e agora tenho a impressão de que entendo qualquer sentimento.
Ouvi algumas músicas, vi algumas fotos, li cartas passadas,descartadas e entendi que tudo vive o seu tempo, e quanto tempo esse tempo tem?
 Eu vivo um recomeço, ou melhor, a continuação do que já teve um fim,mas não teve um ponto final, vou caminhando entre as reticências, em busca de ser uma menina de futuro, mas qualquer um espera o que está por vir. Difícil é almejar bons objetivos,difícil são alcançá-los, esquecer um pretérito imperfeito, aproveitar o presente ganho e conseguir ter bons resultados. Mudar de idéia, mudar os planos pode trazer-me apenas ao futuro do pretérito, sem nenhuma ação. Sem ter perdido,sem ter ganho....
Eu falaria, eu comeria, eu iria ... Nada é tão triste quanto não fazer nada.
''Já estou cheio de me sentir vazio'' e no paradoxo desses sentimentos sinto-me como a prosopopéia da solidão... 
- Chega de derramar rios de lágrimas,menina! Chega de querer ser uma figura,bem sabes que és  um sujeito,simples,eu diria.

2 comentários:

  1. foi a todas as aulas de português né...

    ResponderExcluir
  2. Pelo menos as de figura de linguagem, tempos verbais, sim,sim ^^

    ResponderExcluir